A Associação de Consumidores Proteste lançou uma campanha para que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) passe a exigir o controle eletrônico de estabilidade como item obrigatório na fabricação de carros no Brasil. A entidade realizou um teste prático entredois veículos do mesmo modelo, um com o controle eletrônico de estabilidade e outro sem o sistema, e comprovou a importância desse item como fator primordial na redução de acidentes.

Para falar sobre o assunto, controle eletrônico, o programa Revista Brasil entrevistou a coordenadora institucional da Proteste, Maria Inês Dolci

Ela explica que o item controle eletrônico de estabilidade vai preservar vida e diminuir o número de acidentes. “Porque hoje temos uma quantidade enorme de acidentes, temos mortes maiores que muitas guerras, então, se faz necessário que se avance com mais este item de segurança. Por isso a Proteste está lançando uma campanha para que este item seja obrigatório a partir de 2017”. Esclarece.

Inês explica que a indústria automotiva quer sempre oferecer só o básico como item de série e vender esse dispositivo como algo a mais no veículo. Mas a Proteste não enxerga dessa forma, as entidades europeias, americanas já tem esse item como obrigatório. “É um sistema que tem o objetivo de recuperar a trajetória do veículo em caso de perda de estabilidade por falta de aderência na pista, daí a importância de ter esse item como obrigatório para que os acidentes não aconteçam”. Esclarece.

 

O que achou da matéria: Confira as dicas que separamos para você perder o medo de dirigir? Caso tenha alguma dúvida, estamos a total disposição para te atender. Entre em contato e saiba tudo sobre leis, novidades e dicas de transito. Acima de tudo, confira todas as nossas matérias. Nelas constam tudo o que você precisa saber para estar de acordo com as leis, ficar por dentro das dicas. Além de manter a sua segurança e dos demais motoristas e pedestres.