De acordo com o Boletim estatístico do Seguro DPVAT, de janeiro a março de 2015, a maior incidência de indenizações pagas foram para homens de 18 a 34 anos vitimas de trânsito. Ou seja, que representam 52% do total das indenizações pagas, o que corresponde a quase 100 mil indenizações. Em conclusão, homens de 18 a 34 anos são a maioria das vítimas de trânsito.

No período analisado, a maior incidência de vítimas foram os motoristas (64%). Em acidentes fatais, os motoristas representaram 54% das indenizações pagas. Assim como em acidentes com sequelas permanentes, 65%. No entanto, predominando significativamente os motociclistas (91%). Os pedestres ficaram em 2º lugar nas indenizações por acidentes fatais no período (27%). Já nos acidentes com Invalidez Permanente, ao contrário dos períodos anteriores, os passageiros ocuparam essa posição. Portanto, com 18% das indenizações.

Ações do Ministério da Saúde

Em maio de 2011, os Ministérios das Cidades e da Saúde lançaram o Pacto Nacional pela Redução dos Acidentes no Trânsito – Pacto pela Vida. A meta é estabilizar e reduzir o número de mortes e lesões em acidentes de transporte terrestre. Da mesma forma, nos próximos dez anos, como adesão ao Plano de Ação da Década de Segurança no Trânsito 2011-2020. Ou seja, uma recomendação da Organização das Nações Unidas (ONU) a partir da iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O Plano é um conjunto de medidas para contribuir com a redução das taxas de mortalidade e lesões por acidentes de trânsito no país, através da implementação de ações de mobilidade urbana, fiscalização, educação, saúde, infraestrutura e segurança veicular, a curto, médio e longo prazos.

 

O que achou da matéria: Homens de 18 a 34 anos são a maioria das vítimas de trânsito? Caso tenha alguma dúvida, estamos a total disposição para te atender. Entre em contato e saiba tudo sobre leis, novidades e dicas de transito. Acima de tudo, confira todas as nossas matérias. Nelas constam tudo o que você precisa saber para estar de acordo com as leis, ficar por dentro das dicas. Além de manter a sua segurança e dos demais motoristas e pedestres.