A Liberty Seguros, fez um estudo em sua base de clientes com mais de 155 mil acidentes. Entretanto, o estudo revela que, quando comparados com condutores de outras faixas etárias, os motoristas de 18 a 25 anos se envolvem mais em acidentes na madrugada. Além disso, com indenização total. Foram avaliados 155.726 sinistros em todo o país, no período entre agosto de 2014 e julho de 2015.

Gravidades dos acidentes por período

O tipo de indenização recebida pelo segurado é um dos indicadores avaliados pelo estudo. Considerando o conjunto de sinistros abertos, 88,3% resultam em indenização parcial e 8% em indenização total. Ao mapear os horários mais frequentes de ocorrências, o levantamento da Liberty Seguros identifica que, comparada às outras faixas horárias, a madrugada concentra a maior proporção (53,5%) de acidentes graves, que resultam em indenização total. No entanto, o período da noite está em segundo lugar no ranking (18%), seguido pelos períodos da manhã (15%) e tarde (13,5%).

Análise por faixa etária

Os jovens de 18 a 25 anos se envolveram em 10.935 dos acidentes avaliados. Em primeiro lugar, a maioria deles (33,7%) acontece no período da tarde. Assim como 31% no período da noite, 25% pela manhã e 10,3% de madrugada. Deste conjunto, por exemplo, 14% resultam em indenização total, sendo que a madrugada concentra 34,7% das ocorrências com este tipo de indenização. Ou seja, motoristas de 18 a 25 anos se envolvem mais em acidentes na madrugada.

O levantamento também mostra que os motoristas de 26 a 35 anos se envolveram em 24.206 acidentes (15,5% do total). Destes, a maioria aconteceu na parte da tarde (35,9%). Assim como no caso dos jovens, nesta faixa etária, a maioria dos acidentes graves, que resultam em indenização total, acontecem no período da madrugada (27,6%).

Os motoristas com idade superior a 55 anos são os que menos se envolvem em acidentes que resultam em indenização total. Ou seja, quando comparados com os condutores de outras faixas etárias. Apenas 8,3% das ocorrências destes segurados são consideradas graves.

Roubos e Furtos

Os indicadores de roubos e furtos também fazem parte do estudo. Independentemente da faixa etária do segurado e quando comparada a outras faixas horárias, a incidência deste tipo de ocorrência é maior no período da madrugada (36,5%). Além disso, seguida pela noite (33%), manhã (17%) e tarde (13,5%).

A maioria dos segurados que tiveram seus carros roubados ou furtados no período analisado têm entre 26 e 35 anos. No entanto, o menor índice deste tipo de ocorrência é entre os condutores de 18 a 25 anos.

Tendência de indenizações totais por região

A pesquisa de acidentes de trânsito da Liberty Seguros também traz uma análise das ocorrências em cada região do Brasil. Dos 155.726 casos, 59.179 (38%) aconteceram no Sudeste, sendo que 8,5% resultaram em indenização total. Entretanto no Sul, foram 57.751 (37,1%), com 7,5% de indenizações totais. Por outro lado, a região Nordeste concentra a maior proporção de indenizações totais. Dos 21.659 (13,9%) casos registrados, 8,6% resultaram em indenizações totais.

No Centro-Oeste, dos 13.118 (8,4% do total geral) sinistros abertos, 7,2% destes resultaram em indenização total. Já no Norte foram registrados 4.019 casos (2,6%), com 8% de indenizações totais.