A tecnologia, principalmente no setor automobilístico, vem avançando ano após ano. No entanto, falhas e defeitos são comuns e por esse motivo as empresas utilizam os recalls para chamar os consumidores a reparar esses problemas. No caso dos carros, esses defeitos podem ser graves. Além disso, em alguns casos, chegam a comprometer a segurança do motorista, passageiros e outros usuários do trânsito. Mesmo sabendo dessa importância, muitos proprietários não comparecem as chamadas montadoras. Ou seja, prejudicando o bom funcionamento do veículo. Segundo o Ministério da Justiça, no Brasil a cada recall até 40% dos motoristas não comparecem às montadoras para solucionar o problema.

Desde 2011 é possível verificar no site do Denatran, através do número Renavam, se o veículo passou por algum recall. Além disso, se compareceu para resolver o defeito.  Os carros que não atenderem ao recall ficarão registrados no sistema. Possibilitando, por exemplo, que o próximo proprietário do veículo tenha essa informação antes de adquiri-lo. Para os consumidores que comparecerem ao chamado, é aconselhável guardar o recibo do recall, que poderá ser usado futuramente como comprovante.

 

O que achou da matéria: Recall: Como não comprometer a segurança nas vias e no trânsito? Caso tenha alguma dúvida, estamos a total disposição para te atender. Entre em contato e saiba tudo sobre leis, novidades e dicas de transito. Acima de tudo, confira todas as nossas matérias. Nelas constam tudo o que você precisa saber para estar de acordo com as leis, ficar por dentro das dicas. Além de manter a sua segurança e dos demais motoristas e pedestres.