Muitas pessoas, mesmo as que possuam automóveis e são habilitadas, já ouviram falar, mas não imaginam o que é nem qual a utilidade do Renavam. Portanto, hoje resolvemos trazer uma matéria explicativa sobre o assunto, para tirar todas as dúvidas, mostrar a importância e não deixar que ele se confunda com outro tipo de documento. Confira:

O que é Renavam

O Renavam é o Registro Nacional de Veículos Automotores. Além disso, ele é um código formado por 11 dígitos que registra todo o ciclo de vida de um automóvel. As informações são registradas em um banco de dados com algumas informações, como por exemplo: ano de fabricação, data de registro dos informações pelo fabricante ou importador. Além de emplacamento, alteração de propriedade, estado e características. Os responsáveis por adicionar as informações e comunicação para a validação do documento, independente da localização são: Denatran em nível nacional e Detran em nível estadual.

Como fazer a consulta do documento

Tendo em mãos o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), já se torna possível fazer a consulta ao Renavam. Ou seja, esse documento é responsável pela permissão da circulação concedida ao veículo. O Renavam está localizado na parte superior do documento, à esquerda. Além disso, consultar o Renavam fornece informações pessoais do proprietário do automóvel. Portanto, essa restrição é uma forma de segurança.

Qual a importância do Renavam

Esse documento é de suma importância e também conhecido como a identidade do veículo. Ou seja, é através dele que você realiza consultas de informações, como por exemplo: valor de multas, IPVA, licenciamento, número de chassi, cor original, restrições, furtos, sinistros e muito mais informações que possam estar associadas ao veículo.

Além de tudo isso, ele pode evitar muita dor de cabeça ao adquirir um veículo seminovo ou usado. Você consegue validar débitos que podem existir, assim como identifica a procedência do veículo. Como todo documento, o Renavam também segue algumas regras estabelecidas. Como por exemplo a necessidade de comunicação e comprovação da venda de um veículo para um outro proprietário. O prazo para essa comprovação é de 30 dias. Além disso, é importante fazer atualização de endereço, caso haja mudança do mesmo. Portanto, é de suma importância a atualização constante das informações veicular e do proprietário.