Mesmo os condutores mais experientes e cuidadosos são expostos a situações perigosas. Então, o condutor precisa estar qualificado para sair do perigo e ter habilidade para reagir rápida e corretamente. Em primeiro lugar, situações de perigo no trânsito podem ser evitadas. “Portanto, com a utilização de técnicas de Direção ou Pilotagem Defensiva hoje podemos evitar acidentes que antes eram considerados inevitáveis”. Alerta Celso Alves Mariano, especialista em trânsito.

O especialista elaborou um guia com dicas de como dirigir com segurança em situações adversas.

Revisão mental

Antes de sair de casa o condutor deve fazer uma breve revisão e certificar-se de que está tudo bem com o veículo. Assim como com os passageiros e consigo mesmo. Além disso, deve também criar um ambiente tranquilo dentro do automóvel, evitando assuntos polêmicos e discussões. Acima de tudo, sem permitir que os passageiros desviem sua atenção.

Atenção

Dirigir é uma atividade complexa e de muita responsabilidade. Portanto, qualquer displicência ou distração pode ser a causa de acidentes. Em primeiro lugar, o ato de dirigir exige do condutor atenção constante aos múltiplos fatores que vão se apresentando durante o trajeto. Assim como: a sinalização, o comportamentos dos demais condutores. Além de pedestres, ciclistas e veículos não motorizados e as prováveis condições adversas.

Previsão

A previsão ocorre simultaneamente com a atenção. Então, enquanto o condutor observa tudo com atenção, seu cérebro prevê e antecipa possíveis acontecimentos. Agindo então, prontamente sem ser tomado de surpresa.

Posição ao dirigir

Sentar-se de maneira correta ao volante é uma das premissas da direção segura. Portanto, a perna esquerda esticada tem que acionar todo o curso do pedal da embreagem. No entanto, o punho deve tocar o ponto mais alto do volante. Ou seja, automaticamente os braços ficarão arqueados, formando ângulo um pouco menor que 90 graus com os antebraços.

A fita superior do cinto de segurança deve passar no meio do ombro. Da mesma forma, a altura do apoio de cabeça deve ser ajustada no mesmo nível dos olhos.

Retrovisores

O retrovisor é um acessório utilizado para ampliar a visibilidade dos motoristas. Entretanto, muitos acidentes são causados devido aos pontos cegos dos veículos.  Portanto, para evitar esses pontos, normalmente os veículos possuem três espelhos retrovisores. Ou seja, o espelho central, que garante visibilidade traseira durante a condução e os laterais. Consequentemente, tem como função ajudar o condutor a enxergar fora de sua visão periférica.

O ajuste do espelho central deve ser feito somente após a regulagem do banco do motorista. Portanto, sua imagem deve cobrir a maior parte do vidro traseiro.

Já para os espelhos retrovisores laterais, o ajuste deve ser feito com mais cautela. Então, é aconselhável utilizar a maior parte do espelho para refletir a imagem lateral traseira do veículo ou o mínimo possível da lataria.

Condições Adversas

Condições adversas são fatores ou combinações de fatores que contribuem para aumentar as situações de risco no trânsito, podendo comprometer a segurança. Portanto, o condutor deve ser capaz de identificar os riscos e agir corretamente diante dessas situações. Acima de tudo, adotando os procedimentos adequados para cada uma delas.

Velocidade adequada

A velocidade máxima permitida nem sempre é uma velocidade segura. No entanto, o bom senso manda que a velocidade do veículo seja compatível com todos os elementos do trânsito. Assim como às condições adversas. A velocidade inadequada reduz o tempo disponível para uma reação eficiente em caso de perigo. Além disso, em alta velocidade, muitas vezes não há tempo suficiente para evitar um acidente.

Distância de segurança

Distância de segurança é o espaço que o condutor deve manter entre o seu veículo e o veículo da frente. Portanto, esse espaço deve ser suficiente para a realização de manobras em caso de necessidade.

Respeito às leis

Respeitar a sinalização e as leis de trânsito é essencial para manter a segurança do trânsito. Entretanto, por mais que não concorde com as normas estabelecidas, é dever do cidadão obedecê-las.

 

Acima de tudo, garantir a sua segurança e dos demais passageiros e usuários das vias, é de extrema importância. Portanto, situações de perigo no trânsito podem ser evitadas.