Um dos maiores problemas viários é o excesso de velocidade. Em outras palavras, muitos condutores ultrapassam o limite de velocidade estabelecido para as vias. Ou seja, aumentando a chance de que ocorram graves acidentes.

De acordo com dados divulgados pela Polícia Rodoviária Federal, entre janeiro e abril desse ano, foram registrados 60.974 acidentes. Além disso,  2.123 com mortes e 20.773 com feridos. Entretanto, a alta velocidade dos condutores é uma das principais causas desses números elevados.

Dados da Seguradora Líder DPVAT apontam que só no primeiro semestre deste ano, 216 mil indenizações  do Seguro DPVAT foram pagas a pedestres. Além de motoristas e passageiros em todo o Brasil para casos de morte, invalidez permanente e despesas médicas, um aumento de 31%. Ou seja, levando em conta o mesmo período do ano passado. E o perfil da maioria das vítimas de acidentes de trânsito indenizadas é de homens. Assim como motoristas, com idades entre 25 e 34 anos.

Entenda melhor:

A velocidade dos veículos tem um papel determinante no tempo de reação do motorista. Além dos pedestres e, consequentemente, na violência do acidente que pode vir a acontecer. É preciso que carros, motos e caminhões respeitem os limites das vias. Apesar de já haver medidas para controlar o excesso dos condutores, como a instalação de radares nas estradas, o mais importante é que haja uma conscientização maior sobre os riscos que assumimos quando dirigimos o veículo em alta velocidade.

Vamos aproveitar a Semana Nacional do Trânsito para refletir sobre nossas ações e divulgar a importância de colocar a segurança sempre em primeiro lugar enquanto dirigimos.

O que achou da matéria: Um dos maiores problemas viários é o excesso de velocidade? Caso tenha alguma dúvida, estamos a total disposição para te atender. Entre em contato e saiba tudo sobre leis, novidades e dicas de transito. Acima de tudo, confira todas as nossas matérias. Nelas constam tudo o que você precisa saber para estar de acordo com as leis, ficar por dentro das dicas. Além de manter a sua segurança e dos demais motoristas e pedestres.