Ainda não foi definida uma data, mas em reunião esta semana, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) decidiu tornar obrigatório o uso de cadeirinha em transporte escolar para crianças de até sete anos e meio. Ou seja, até então, a norma só valia para carros de passeio.

Entenda melhor sobre a decisão de tornar obrigatório o uso de cadeirinha em transporte escolar:

Desde 2010, a legislação obriga que bebês com até um ano de idade devem ser transportados nos chamados bebê-conforto, sempre no banco de trás na posição de costas para dianteira do carro.  Crianças com idade entre um e quatro anos devem utilizar, obrigatoriamente, a cadeirinha. Crianças com idade superior a quatro anos e inferior ou igual a sete anos e meio devem utilizar, obrigatoriamente, o assento de elevação.

O condutor flagrado transportando crianças em desacordo com a legislação é multado (infração de trânsito gravíssima), recebe sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e tem o veículo retido até que a irregularidade seja sanada. Os veículos de transporte escolar estavam dispensados da lei, mas o especialista Celso Alves Mariano, faz um alerta.“Essa é a única forma segura de transportar a criança dentro do veículo, qualquer que seja ele. Em todas as situações, a criança deve utilizar a cadeirinha de segurança adequada para o seu tamanho e idade”.

Continuarão desobrigados de oferecer cadeirinha vans e ônibus que não sejam de transporte escolar e táxis. Segundo dados do Ministério da Saúde quase 2000 crianças morrem a cada ano como vítimas de acidente de trânsito. A resolução, que vai determinar a data para a exigência começar a valer, será publicada nos próximos dias.

 

O que achou da matéria: Uso obrigatório de cadeirinha em transporte escolar para crianças? Caso tenha alguma dúvida, estamos a total disposição para te atender. Entre em contato e saiba tudo sobre leis, novidades e dicas de transito. Acima de tudo, confira todas as nossas matérias. Nelas constam tudo o que você precisa saber para estar de acordo com as leis, ficar por dentro das dicas. Além de manter a sua segurança e dos demais motoristas e pedestres.